A massagem e a respiração

01/10/2018

A massagem e a respiração

Em tempos atuais vivemos todos correndo, todos com pressa, afinal o tempo é curto e as obrigações são muitas… Mas devemos lembrar sempre que o mais importante é estarmos bem, equilibrados e saudáveis, não é mesmo? E
Nada como uma pausa para receber uma massagem e todos os seus benefícios. E nesta correria do dia a dia não podemos esquecer uma poderosa aliada do nosso trabalho: a respiração. Devemos induzir o cliente a respirar profundamente, isso favorece o relaxamento físico e mental.

E de que forma isto acontece? Primeiramente porque 70% das toxinas do nosso corpo são eliminadas via expiração. Exatamente, 70%! Não fosse suficiente isso, ao respirarmos profundamente, o diafragma, músculo que atravessa o tronco separando a cavidade torácica da abdominal, massageia órgão como fígado, rins, e estômago; todo nosso organismo será oxigenado, favorecendo o fluxo do sangue venoso e beneficiando o sistema linfático.

A respiração interfere rapidamente no nosso corpo emocional. Quando profunda, relaxamos a musculatura, oxigenamos o cérebro, acalmamos nossa mente e agimos de uma forma mais equilibrada. O ar é o prana, é a
energia vital. Quanto melhor fluir nossa respiração, mais energia teremos, mais vivos nos sentiremos. Então, ao estimularmos a respiração profunda em nosso cliente, melhor será o relaxamento, a eliminação de toxinas e a
distribuição energética. Use esta ferramenta a seu favor.

Lembre sempre que podemos ficar vários dias sem comer, alguns poucos dias sem beber e apenas minutos sem respirar. Então devemos passar a encarar a respiração não como uma função autônoma do nosso organismo, mas sim como uma ação fundamental e essencial à nossa saúde. Esteja consciente e conscientize seu cliente, ele agradecerá. E certamente lembrará de sua orientação nos momentos de estresse.